quarta-feira, 28 de agosto de 2013

O surgimento da Pilsen


Depois de quase duzentos anos de declínio e crises na história da produção da cerveja, o século XIX assistiu o renascimento dessa bebida, em grande parte graças ao avanço tecnológico que caracterizou aquela época.

A partir da metade do século XVI , algumas cervejarias alemãs localizadas perto de Munique foram proibidas, pelo Duque Albrecht V da Baviera, de fabricar cervejas no verão,. Entretanto, lhes concedida permissão para produzir suas cervejas nos meses frios(entre 29 de setembro e 23 de abril) e guardá-las para serem consumidas no verão.

Para não sofrer com o aumento de temperatura, a bebida era, então, armazenada em adegas frias e úmidas, nos Alfes. A cerveja assim produzida, chamada Lager (que significa "guardada, armazenada"), tinha características interessantes. embora não se soubesse explicar o motivo, percebeu-se que a cerveja armazenada dessa forma adquiria sabor acentuado e aparência mais clara e leve.

Acredita-se que esse procedimento tenha provocado uma mutação genética ou seleção natural dos micro-organismos responsáveis pela fermentação até então conhecida, as leveduras de fermentação de superfície. Essa nova cepa de leveduras vive melhor em ambientes mais frios; são leveduras de fermentação de fundo.

A partir  de 1642 o coque, um combustível derivado do carvão betuminoso, começou a ser usado para secar o malte. Esse novo procedimento permitiu que os grãos passassem pelo processo de secagem sem serem torrados, o que resultava em cervejas mais claras, chamadas de "pale ale".

Todos esses procedimentos permitiu controlar melhor a cor e a eliminou do produto final os odores e sabores de fumaça e de queimado. O estilo mais popular da cerveja nos tempos atuais deve seu nome à cidade de Pilsen, na Boêmia, atual República Checa.

A cerveja, como é conhecida hoje, fabricada com malte de cevada e lúpulo por grandes corporações, é resultado do desenvolvimento científico e industrial ocorrido no século XIX. Em 1883, o cientista dinamarquês Emil Christian Hansen isolou as primeiras culturas puras de levedura, iniciando sua produção controlada, na Cervejaria Carlsberg. Foi assim que a cerveja começou a ganhar estabilidade organoléptica.

fonte: Livro Larouse da Cerveja




0 comentários:

Postar um comentário