terça-feira, 3 de setembro de 2013

Cerveja e saúde


Um estudo médico analisou os hábitos de consumo de cerveja de um grupo de pessoas que havia sofrido infarto, bem como os de um grupo escolhido aleatoriamente  na população tcheca. Talvez tenha sido uma surpresa o fato de que, nos dois grupos, o que apresentou menor risco de ataques cardíacos foi o grupo de homens que bebiam de 5,2 a 11,3 litros de cerveja por semana . O risco deste grupo era um terço menor do que o registro pelo grupo de homens que nunca bebiam cerveja. Aparentemente, a cerveja escura é a que fornece mais proteção. Também foi descoberto com a pesquisa que a cerveja reduz os potenciais danos causados  pelas famosas  "aminas aromáticas heterocíclicas" (HAA), que são formadas quando o alimento é cozido em altas temperaturas. É portanto, uma boa ideia servir cerveja escura com um churrasco.

Os benefícios cardiovasculares da cerveja se devem aos polifenóis, os antioxidantes pigmentados que também são encontrados em frutas. Pesquisadores descobriram que tomar  uma cerveja por dia altera a estrutura do fibrinogênio, uma proteína presente no sangue responsável pela coagulação.

Um estudo desenvolvido com homens, com ponte de safena, revelou que quem bebia 355 ml de cerveja por dia tinha menos propensão a formar coágulos, e um menor risco de sofrer infartos ou derrames


fonte: Livro- Guia prático para uma alimentação rica e saúdavel
foto: reprodução

0 comentários:

Postar um comentário