segunda-feira, 5 de maio de 2014

Conheça as origens do brinde


Não faltam relatos históricos para explicar o brinde. Seja com cerveja ou outra bebida, o ato existe, provavelmente, desde 40 a.C, embora alguns grupos pagãos já tinham o costume de levantar os copos e jogar o restinho do líquido no chão, para oferecer às divindades. Saudar os deuses, então, foi a primeira motivação para o brinde. No Antigo Testamento, há uma passagem na qual o rei Belasar enche o copo em homenagem ao divino.

Já a palavra brinde pode ter origem na cidade italiana de Brindisi, na região da Puglia, onde os jovens romanos levantavam e tocavam seus copos para celebrar a ida à Grécia para estudar. Mas há também quem defenda que o brinde surgiu na Espanha, pelo termo “bring dir’s”, datado dos séculos 15 e 16.

Para outras nações, no entanto, o brinde nem sempre foi bem visto. De acordo com o “Guia Ilustrado Zahar da Cerveja”, editado pelo especialista Michael Jackson, os húngaros diziam, no século 19, que tocar copos de cerveja dava azar. Isso surgiu porque, na época, houve uma rebelião mal sucedida contra o Império Habsurgo. A superstição ainda dura e muitos que vivem por lá evitam o brinde e apenas levantam suas taças enquanto dizem “Egézségedre” (‘à sua saúde, em português).

Na Inglaterra, sempre se disse “toast” ao brindar. O termo significa ‘torrada’ e surgiu pelo hábito dos ingleses de colocar uma torrada embaixo do copo e ir passando-o até o último degustador, que deveria comer a torrada.

Fonte: Sociedade da cerveja
Imagem: Pronúncia Mulher

0 comentários:

Postar um comentário