sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Chope de vinho da Holzweg tem produção artesanal e ingredientes orgânicos



Cerveja e vinho, uma combinação improvável? Nem tanto. Na cervejaria Holzweg o chamado chope de vinho é um verdadeiro sucesso, especialmente com o público feminino. Fabricado artesanalmente a partir de meados de 2013, a pedido dos clientes do estabelecimento, sediado em Lontras (SC), a bebida segue os mesmos critérios rigorosos das cervejas especiais. “A proximidade com vinícolas renomadas também incentivou incluirmos o produto no nosso cardápio, pois conseguimos estabelecer parcerias com fornecedores de altíssima qualidade”, conta um dos sócios-fundadores da cervejaria e também produtor do chope, Jorge Krzyzanowski.

O chope de vinho elaborado pela Holzweg tem um toque aveludado característico e coloração de tonalidade bordô-acobreada. Segundo o sócio, por ser uma bebida levemente adocicada, é mais indicada para ser apreciada após o consumo de qualquer prato, como substituto de licores, por exemplo. Atualmente, a produção mensal do chope de vinho é de 250 litros, em média, “a não ser que haja reservas especiais para eventos, o que é bastante recorrente”, destaca.

A dupla fermentação é uma das características do processo de produção da bebida. Na primeira etapa, cada barril é preenchido com suco de uva orgânico e passa por pela pré-fermentação. Após algumas semanas, os recipientes são preenchidos com cerveja Pilsen também produzida na Holzweg e então colocados em fermentação novamente. De acordo com Krzyzanowski, a maturação finaliza o processo e a bebida não é filtrada para não descaracterizar seu aroma e sabor.

Assim como na produção das cervejas tipo Pilsen, Weizen e Munich, a Holzweg tem um cuidado muito especial em relação à qualidade dos ingredientes utilizados no processo. A base do chope de vinho é a cerveja Pilsen produzida no próprio estabelecimento, que segue os padrões da Lei da Pureza alemã, levando apenas água, malte de cevada, lúpulo e fermento. “Os lúpulos especiais resultam em amargor e aroma suaves, enriquecendo ainda mais o tão apreciado chope de vinho”, afirma o produtor. Já os sucos de uva utilizados no processo são orgânicos, com uvas de castas nobres, como Merlot e Sauvignon e sem adição de açúcar. Todos os ingredientes são da região do Alto Vale do Itajaí, com exceção do malte de cevada, do lúpulo e do fermento, que são europeus.

0 comentários:

Postar um comentário