quarta-feira, 15 de abril de 2015

Cervejaria Holzweg aposta em medidas voltadas à preservação do meio ambiente



Desde antes da sua inauguração, em dezembro de 2010, a Holzweg se preocupa com o impacto que o seu empreendimento pode ter no ecossistema em que está inserido. Por isso, a cervejaria aposta em medidas voltadas à preservação do meio ambiente, que acabam beneficiando não só a natureza, mas também colaboradores, comunidade local e instituições sociais.

A coleta de óleo de cozinha é uma das medidas pioneiras diante da meta de ter uma presença mais sustentável e ocorre quinzenalmente, por meio de uma parceria com a Controil Ambiental, empresa especializada de Blumenau. “A cada quinze dias são recolhidos de 50 a 60 litros de resíduos”, observa a sócia-fundadora da Holzweg, Eliete Waidlich Krzyzanowski. Atualmente, junto a outros sete estabelecimentos do Alto Vale que compõem o núcleo de Gastronomia da Associação Empresarial de Rio do Sul (ACIRS) e com apoio da Controil Ambiental, a Holzweg participa de um projeto focado na coleta e reciclagem do óleo de cozinha.

Segundo Eliete, apesar do volume coletado internamente ser grande, ainda é preciso conscientizar a população sobre o papel da cervejaria como ponto de coleta. "Muitas pessoas não sabem o que fazer com os resíduos de óleo que utilizam na cozinha e acabam dando um encaminhamento que pode ser muito prejudicial ao meio ambiente e, consequentemente, às pessoas. A comunidade pode trazer o óleo para a Holzweg, em garrafas pet ou galões, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Nos comprometemos a dar o encaminhamento adequado”, incentiva. O material coletado pela Controil é transformado em sabão e outros produtos de limpeza. Saiba mais aqui sobre o impacto do óleo de cozinha na natureza.

A cervejaria Holzweg também se responsabiliza pelo tratamento de todo o esgoto do estabelecimento, evitando o despejo na rede pública, pois o município de Lontras não possui tratamento próprio. Além disso, a cada seis meses é feita a limpeza e coleta de todos os resíduos nas caixas de gordura, fossas e filtros. De acordo com a empresária, outro aspecto fundamental para o funcionamento da cervejaria e que também beneficia o meio ambiente é o tratamento da água utilizada na limpeza e assepsia dos tanques de fervura e maturação da cerveja. “Com essa medida, conquistamos as licenças ambientais para a produção da bebida e despejamos uma água mais limpa para a rede pública”, destaca. A produção da cerveja também gera resíduos, chamados de bagaço, que são utilizados para alimentação animal. Produtores de ovelhas e gado da região do Alto Vale recorrem semanalmente à Holzweg para conseguir uma quantia.

A coleta seletiva do lixo é outra medida relevante para o meio ambiente e para os colaboradores da cervejaria, responsáveis por separar no final do expediente plásticos, papel, lata e vidro. “Esse material é vendido e o dinheiro arrecadado está sendo guardado para fazer a festa de confraternização de final do ano dos funcionários”, conta Eliete. Outros dejetos, como vidros e baldes plásticos, são doados à instituição Dornalda Protetora dos Animais, sediada no município de Presidente Getulio, que cuida de animais abandonados. O dinheiro arrecadado é destinado à compra de ração para os animais.

0 comentários:

Postar um comentário